mardi 23 février 2016

Marco Mueller dirigirá o Festival Internacional de Macao

Por Rui Martins
rpertins@gmail.com

Marco Mueller dirigirá o Festival Internacional de Macao

No encerramento do Festival de Berlim, a notícia corria, veiculada pela revista Variety – está sendo criado o Festival Internacional de Cinema de Macao, que seria, sem dúvida, o menor festival do mundo, não fôsse o nome de seu diretor – Marco Mueller, cuja ligação com o Brasil é importante : sua mãe era brasileira, do litoral paulista, mas ele tem nacionalidade suíço-italiana e viveu na Itália, tendo feito seus estudos de antropologia na China, reconhecido sinólogo e um dos principais introdutores do cinema chinês nos festivais.

Grande conhecedor do cinema brasileiro, era um entusiasta do chamado « cinema da boca do lixo » de Rogério Sganzerla, que levou a Locarno, numa apresentação especial do Bandido da Luz Vermelha.

Ex-diretor da Mostra de Veneza e do Festival de Cinema de Roma,  começou sua carreira como crítico e diretor de festivais, no Festival de Pesaro e depois no de Roterdã, deixando impressa sua marca de um intelectual, erudito do cinema e poliglota.

Foi ele o primeiro a dar uma nova dimensão ao Festival Internacional de Cinema de Locarno, de onde saiu para dirigir a Mostra de Veneza, tendo sido também produtor de filmes, antes de ir selecionar filmes para o Festival de Pequim, ao deixar o Festival de Roma.

O Festival Internacional de Cinema de Macao, antiga colonia portuguesa entregue à China, onde se fala português e chinês, será inaugurado dia 8 e dezembro, terá 45 títulos de grandes filmes internacionais e contará com uma dotação inicial de dez milhões de dólares.

ShareThis

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...