mardi 13 janvier 2015

Vaga aspereza....


Transitei, tão logo possível, pela vaga
Aspereza de um só amanhã,
Assim o fiz, não me dei por vencido,
Sabia do tempo a que traduzir,
E dos enlevos que me coube assimilar, pus
Divisa demarcatória em todos, e também
Em um só, deles, é óbvio, o primeiro,
Partida e chegada deste querer que aos meus
Passos guia pelos ínvios caminhos destas tantas
Proposituras sentimentais,
Transitei por um mundo nitidamente insensato,
Desprovido de alma, a que, tanta indiferença,
Mortais perfis injetou,
Povoados por pedras, à frente despontavam
Caminhos, a que transmutar me era aprazível,
E assim diria agora, talvez ao meu próprio ser
Voltando a ouvir,
Dei sequência direta ao que Deus continuava
A me indicar, transitando junto aos meus ideais
De liberdade pelo chão destes caminhos que tão
Já ainda não penso em esquecer....!!!




José Roberto Abib – Capivari, 08/01/2015 

ShareThis

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...