mercredi 3 décembre 2014

Alma gêmea

 Por Luiz Manoel

Há sempre uma presença / Itinerante em meu caminho
Ronda meu pensamento
Ainda que eu não peça / Seu parecer / Sussurra em minha mente
Qualquer dito conflitante
Contraditória / Às vezes me acaricia / Proclama com entusiasmo
A vida é bela e cantante / Sorte no amor tenho eu
Vez por outra me sonda / Com enredo provocante
Palavras de desconsolo / De mim o bom tão distante
Meus sonhos não valem a pena
Não raro me desconcerta / Estaleja algo invisível
Leva-me para um lado / Enquanto perpassa  / Xeretando pelo outro
Curiosa / Circunda-me de espelhos
Por sobre meus ombros / Aplaude ou apupa / Minha intimidade
Incita minha fantasia / Segreda em rabiscos no ar / Os clamores
Dos meus ardentes anseios
Desinibida / Abriga-se em meu teto / Deita-se em minha cama
Saliente / Veste-se com minhas roupas
Embriagada / Serve-se à vontade
Come e bebe do melhor / De tudo o que me sacia
Intrometida / Faz-se tão confidente
Senta-se ao meu lado / Afaga meus cabelos
Comigo desfruta / Em expressões / Às vezes consonantes
Todas as paisagens / Imaginadas nas janelas / Da minha vida
Por certo / Já nos acostumamos / Uma à outra


ShareThis

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...