jeudi 9 octobre 2014

Texto do escritor Júlio de Queiroz

Categoria: conto
Idade: 85 anos

TOMA LÁ.... DÁ CÁ

O garotinho franzino, tímido, quase feioso, no dia de passeio obrigatório  da turma conseguiu escapar de seu grupo de colegas, no momento  em que o bedel estava prestando atenção ao que lhe mostrava outro aluno. Quando, a caminho do parque público, viu a caixa do correio do lado de fora do Banco do Estado, em dois pulos enfiou a cartinha que havia escrito debaixo das cobertas de sua cama no dormitório coletivo. Sabia de cor o que tinha escrito:

“Mamãe,
Tire-me daqui. A comida é horrível. Os professores zombam de mim o tempo todo.  Os alunos me perseguem. Fazem de mim o palhaço da escola. Por, favor, mamãe. Seu filho que a adora. Juninho. Agosto 1940.”

Dias depois, o Chefe de Disciplina o chamou à sala do Diretor e lhe entregou um envelope aberto. Tirou de dentro do envelope a folha de papel. Leu:

“Setembro 1940
Juno,
Conversei muito com seu pai depois de ter recebido sua carta. Seu colégio é de primeira e elogiado por todos. Os professores estão fazendo o possível para lhe ajudar a sair dessa mania de perseguição. Cultive a amizade dos colegas. Você já é um rapazinho. Agüente firme. Carinho da mamãe.”

...............

Num domingo, a caminho da igreja, a velhinha, altiva e voluntariosa, enfiou na caixa de correio ao lado da porta do Banco do Estado a carta que havia escrito na privada de onde agora morava, cujas palavras sabia de cor:

“Julho 2010

Juninho,

Tire-me daqui. Este casa para idosos é uma arapuca. A comida é insuportável.
As enfermeiras são despreparadas e grosseiras. As outras hóspedes  estão decrépitas, quando não já dementes. Venha buscar-me. Sua mãe.”

Na hora do almoço, duas semanas depois, a encarregada da limpeza lhe entregou um envelope fechado. Abriu-o, o coração palpitante. Leu:

10 de Agosto de 2011

Mamãe,
Estou viajando outra vez para a Europa a serviço da empresa. A senhora está em uma das melhores casas para idosos do Estado. O pessoal de enfermagem é de primeira qualidade e o atendimento médico é reconhecidamente superior.
A senhora está muito bem tratada, como verifiquei por terceiros. Procure ser mais compreensiva com as outras hóspedes. Aceite as condições de sua idade. Seu filho Juno.”  



ShareThis

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...