mercredi 15 octobre 2014

Quando soube

 

Fiquei alegre quando soube.
Que és feliz, e que estás bem.
E que esquecesses o nosso amor...
De outrora.
O qual a ti não mais fazia bem.
***
E vejo que não mais adianta.
Nem tu, nem eu querermos avivar,
Ou seja, dar vida ao que já morreu,
Não adianta querer ressuscitar.
***
Pois a nós, só nos trouxe tristeza.
Pelo o ciúme louco e sem medida,
Que não só acabou com o nosso amor...
Como estava destruindo nossas vidas.
***
Mas felizmente, para muitos tudo passa.
Até que é bom não mais lembrar.
Do que aconteceu...
***
Quem dera que eu fosse desse jeito.
Se assim fosse, não mais sofria,
Por esse amor que já morreu.


Por Vivaldo Terres



ShareThis

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...