mardi 16 septembre 2014

Incidências do amor........

                          





Porventura já paraste para pensar sobre as tantas
E sempre abrangentes incidências do amor?
Lança mão do bom senso, até mesmo neste sentido
Tornou-se possível quantificar,
Sabes das vezes que, a tal respeito, te pareceriam
Bastar?
Dir-me-ias de um amor em contínuo evoluir,
Ou, ao contrário, teus ímpetos e lábios deixariam
Aflorar esta íngreme mesmice, cujos perfis ainda
Faltalizados,
Incidiram sobre teus sentimentos, desde quando
Uma possível e notável insensatez, houvesse de tal
Forma se projetado sobre teu caminhar dimensional,
Nas ondas de um mar cujo alvor sempre será
De receptiva evolução quanto mais o vermos fluir
Em haustos libertos no íntimo do coração?






José Roberto Abib – Capivari, 11/09/2014

ShareThis

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...