samedi 28 juin 2014

Semelhança entre Índia e Brasil




Muito há de semelhante entre Índia e Brasil.
Ambos são países continentais.
Ambos são medularmente religiosos.
Ambos estão procurando libertar-se do colonialismo e do subdesenvolvimento.
As massas indianas e brasileiras começam a tomar consciência de seus problemas.
De ser seu substantivo.
Do verbo ser a conjugar na estrutura do mundo atual.
A Índia, porque civilização antiga, produziu um gênio religioso, político por necessidade de participação, o Mahatma Gandhi; o Brasil apresenta Rui em Haia e a presença de liberdade e de luz para todos.
Lá, a semente amadurecida; aqui, a semente a germinar...
Sementes, porém, que semelham fermento na massa...
E que acontecer, quando levedada a massa, aqui e lá?
Historicamente, algo pode ser divisado entre ambos os povos.
Portugueses, no dealbar da época moderna, descobrem o Brasil
e chegam à Índia para onde diziam ir...
Há algo português no brasileiro, no indu um pouco também.
O português, porém, dava mais valor ao País Prodigioso (ambição comercial). Portugal divisou Brasil, Índia, portanto com os mesmos olhares.
Espirituais e materiais.
Algo está a unir-nos.
Hoje, estamos empenhados em livrar-nos do que há de negativo no Ocidente...
Saberemos sorver o que há de positivo no Ocidente?...
Tudo une brasileiros e indianos. Façamos pontes que nos unam entre Oriente e Ocidente. Não nos devemos impor coisa alguma.
Procuremos apenas. A procura objetiva e honesta ser-nos-á útil.
A Índia, com razão, repele o Materialismo ocidental, desde o Século XVI exportando ao mundo com as caravelas, as filosofias e a técnica...
O Brasil deve fazê-lo também!
As belas tradições indus, seu regionalismo diversificado, suas danças populares e clássicas, seus costumes devem aproximar-nos.
O Brasil mostrará seu anti-racismo (democracia étnica, herança também portuguesa), o espiritualismo nordestino, o sentimentalismo, sua tolerância nata, seu misticismo desde o candomblé ao catolicismo...
O mundo é um espelho.
Brasil e Índia refletem-se nele
em muita face
a mostrar
Cristo e Buda
a mostrar
amor e bondade
fé e certeza
por um mundo melhor...
_______

Buda indica o caminho: “A vós, porém, incumbe a fadiga da tarefa” (Dhammapada); Cristo disse: “Eu sou o Caminho, a Verdade e a Vida (Evangelho)”.
Obs.: Naquele tempo em que escrevi este livreto, não se falava em BRICS – Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul. Eu citei dois BRICS – Brasil e Índia.


Dedicado à querida Jacqueline Aisenman do extraordinário Varal do Brasil.


Germano Machado,

Fundador do CEPA – Círculo de Estudo, Pensamento e Ação.

ShareThis

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...