mardi 3 juin 2014

SEGUNDO CORAÇÃO


                                       EMANUEL MEDEIROS VIEIRA

                       “O passado pulsa dentro de mim como um segundo coração”
                                                       (John Banville)
                         Segundo coração,
                         terceiro,         
                         a ansiedade inelutável desta jornada (breve)
                         “exigimos” um milagre,
                         e ele não vem,
                         cotidiano, contas a pagar, o INSS de cada dia,
                         a juventude passando na rua  no corpo da moça,
                         domingo longo, segunda-feira cinzenta
                         mas a vida pulsa – maior? Menor?
                         Pulsa.
                         A velhice roendo como rói a roupa do rei da Rússia
                         e um menino resiste, como um náufrago em busca da ilha (de uma ilha)
                          – tanto mar.

                                            (Brasília, maio de 2014)        

ShareThis

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...