lundi 23 juin 2014

ACABANDO COM A MATA


EMANUEL MEDEIROS VIEIRA

Levantamento realizado pela ONG SOS Mata Atlântica e pelo Inpe mostra que, hoje, só existe 8,5%da mata original.
“Foram 24 mil campos de futebol que desapareceram em um ano. A destruição da mata atlântica continua subindo”, escreve Eduardo Geraque.
Desde 2008, o acompanhamento anual do desmatamento da floresta atlântica não registrava índices tão elevados.
O que resta agora da mata atlântica equivale a 8,5% da cobertura original deste bioma, que ocupava antes do descobrimento.
Em 28 anos, desde que começou o monitoramento detalhado do sumiço da mata atlântica, o bioma perdeu uma área igual a 12 vezes o município de São Paulo.
Palavras de um ecologista chato?  Não. É o que resta ainda do país, que se deseja preservar. É a própria vida das novas gerações que está em jogo. E um jogo no qual estamos perdendo.
Não é um fla-flu partidário. A palavra – insisto – chama-se vida.

(Brasília, junho de 2014)

ShareThis

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...