mardi 22 avril 2014

O buraco ressurgiu!

 
            E não é que ele voltou? E como diz a música: “...eu voltei pra ficar porque aqui é meu lugar”
            Você se lembra da Festa dos Cavaletes”?
            Isso!!!  Aquela mesmo que, há quinze dias,  comemorava o nascimento de um robusto buraco, no início da Rua Malito de Lucca, no Jardim Independência!
            Pois não é que a Prefeita acabou com a festa?  Mandou pra lá uma força tarefa munida de enxada, enxadão, picareta, pá e até uma retroescavadeira! Acabou com tudo.  Uma verdadeira loucura!
            Cavaletes se espalharam por todo lado enquanto o buraco ia sendo devastado.
            De longe eu observava toda a movimentação... Trabalho difícil, mas, dois dias depois, deram conta do recado!
            Mas, um buraco que se presa, não ia se entregar tão facilmente assim, pensei comigo. Podiam ter acabado com a Festa dos Cavaletes, podiam tê-lo enterrado bem, mas, no fundo, ainda era um buraco respeitável, ora, pois!
            E não deu outra!
            Com o auxílio de um temporal que passou pela cidade, ele ressurgiu triunfante e lá está de novo, desafiante!  
            Passei por lá ainda há pouco e o vi engolindo uma enorme telha Eternit. Sinal de que ele será eterno?  Vai saber...
            Desta vez não há festa, apenas um cavalete cambaleante e fraco, já com uma das pernas dentro do buraco!  
            Sei não, mas acho que vai haver um levante de buracos por aqui. Um, lá na ponte, já quase engoliu um ônibus, esse já ameaça engolir um caminhão...
            Me diga, não acha que a TRANSERP e INFRA-ESTRUTURA, deviam logo entrar em ação antes de acabar a paciência do cidadão?
*****
Irene Coimbra                           

ShareThis

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...