vendredi 18 avril 2014

ENVENENAR



O veneno atua. O agir envelhece.
Passos cadenciam músicas.
Ouvidos temem o silêncio.
O veneno conclama a vontade
a partir do medo. O agir condensa
a partida em doses: repete
o nome. Nomina. Denomina
no esgotar o espaço e sufocar
o corpo ao cansaço.

(Pedro Du Bois, inédito)


ShareThis

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...