lundi 3 mars 2014

Invasão inútil

                                                      Irene Coimbra

Acordei com pensamentos invadindo minha mente
e palavras desconexas ali também presentes.

Surpresa pela invasão,  os vejo dentro de mim,
deixando-me apavorada  no centro do motim.

Pensamentos e palavras querendo me convencer
de que minha luta é vã e que não irei vencer.

Digo pra eles que em Deus eu acredito
e que hei de vencer, mesmo que seja no grito.

Mas eles são insistentes e não se dão por vencidos,
 e de modo agressivo contra mim ficam unidos.

Nesse momento os encaro, o pavor desaparece,
e com força descomunal dou-lhes a lição que merecem.

Num cárcere privado que tenho dentro da alma,
um a um vou prendendo-os e recobro minha calma.

 Teimosa como sou, não desisto facilmente!
Nem palavras, nem pensamentos me impedirão de seguir em frente!

*****

                                                              

ShareThis

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...