mercredi 26 mars 2014

Horas

Carrego no pulso o relógio que me aprisiona
em horas determinadas. Na programação
esqueço a paisagem: o espaço exterior
enfada a liberdade na determinação
do tempo em ponteiros de engrenagens.
Conduzo a hora despercebida.

(Pedro Du Bois, inédito)


ShareThis

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...