lundi 31 mars 2014

Amordaçada agora estou!

                                                                                                            Irene Coimbra
Mais uma vez minha alma se rebelou comigo,
e, mais uma vez, ameacei deixá-la de castigo.
Ela riu de minha ameaça como se achasse graça.
Encostou-me na parede e me desafiou sem medo.
Apontou-me o dedo e encarou-me com olhar autoritário.
Ordenou-me que não interferisse no seu modo de agir
pois não nascera pra fingir.
Que se eu me sentia fraca pra enfrentar alguém,
ela tinha coragem bastante pra não se intimidar com ninguém.
Que a deixasse em paz, falasse menos e agisse mais.
Meu primeiro impulso foi amordaçá-la,
mas, rápida, foi ela quem impediu-me a fala.
Mais uma vez ela venceu
e,  amordaçada agora estou eu!
*****
Me diga:  
Quando sua alma contra você se rebela,
é você quem vence, ou quem vence é ela?



ShareThis

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...