mercredi 29 janvier 2014

O SONHO DE MARIANA

Deidimar Alves Brissi

            Certa noite Mariana teve um sonho diferente. A partir deste dia a sua vida mudou. Sonhou que caminhava com um anjo sobre a Terra. A Terra estava vazia, desértica, feia, triste, escura... Nenhuma casa, nenhum animal, nenhuma árvore,  ou objeto... Só havia tristes pessoas. Ficou muito surpresa, achou tudo muito estranho. Olhou para o anjo que parecia preocupado e perguntou:
            – Por que a Terra está assim?
            Ele com um olhar triste calmamente explicou:
            – Esta é a verdadeira paisagem da Terra. Com a maioria dos homens só pensando em si, mergulhados em guerras, intrigas,  mediocridades, orgulho, egoísmo, inveja... Fizeram esta paisagem para a Terra. Uma paisagem triste!
            – Mas não há nada que podemos fazer?
            – Sim! Temos feito apelos constantes aos homens para mudar tudo isto, mas poucos nos ouvem. A maioria fica lutando apenas por coisas sem importância e não tem nem um gesto de amor ao próximo, mas, o fato é que precisamos plantar uma bela floresta sobre a Terra para mudar esta paisagem. Você ajudaria?
            – Claro! Mas o que posso fazer? Sou apenas uma pequena menina!
– O tamanho não importa, mas sim a boa vontade.
            Neste momento ele pegou uma caixinha dourada e perfumada colocou na mão da menina e disse:
            – Abra!
            Ela abriu com muita curiosidade e qual não foi sua surpresa. Da caixinha saía uma luz muito forte que ela nem conseguia enxergar o que estava dentro. Foi acostumando os olhos com a claridade, até que viu dentro dela uma minúscula sementinha. Olhou intrigada para o anjo, mas conteve sua curiosidade. Ele, com um olhar amável e um sorriso franco, tomou a palavra e perguntou-lhe:
            – E então vai, você vai ajudar a plantar uma bela floresta sobre a Terra?
            Meio desajeitada respondeu:
            – Ajudo, mas com uma sementinha?
            Ele sorriu novamente e considerou:
            – Se nós plantarmos esta pequena semente, dentro de alguns anos teremos uma bela árvore que produzirá milhares de sementes. Se pegarmos estas milhares de sementes e plantarmos, dentro de mais alguns anos teremos milhares de árvores que produzirão milhões de sementes. Se pegarmos estas milhões de sementes e plantarmos, alguns anos depois teremos milhões de árvores que produzirão bilhões de sementes... Assim, dentro de pouco tempo, se plantarmos e, principalmente, cuidarmos das sementes teremos uma bela floresta.
            Mariana ficou admirada com tão belo raciocínio e falou emocionada:
            – Ajudarei, farei o que for preciso, mas me diga anjo bom, o que eu faço?
            – Vá! Pegue esta semente e não perca tempo em plantá-la! Convide seus irmãos da Terra a plantar esta semente e também a cultivá-la.
            Ela apertou a caixinha com força na mão e disse:
            – Tenho pressa, tenho que ir, precisamos mudar esta paisagem da Terra, mas antes de eu ir me responda, semente de que árvore é esta?
            Ele sorriu carinhosamente e concluiu:
            — Ah! Minha amiga! Esta semente é de uma árvore que dará origem a todas as outras espécies de árvores boas. É uma semente de Amor!


*O autor publicou este texto pela primeira vez no livro Espererança (São Paulo: All Print, 1998)

ShareThis

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...