vendredi 27 septembre 2013

O OUTONO E AS ATIVIDADES DO VARAL

Olá meus amigos!

O outono chegou, a temperatura anda ainda passeando com ares de últimos dias de verão! Inacreditável? Pois é, estamos tendo um início de outono com clima ameno e dias ensolarados!
Chegamos com as nossas atualidades para informar você como estão as atividades do Varal!
·         As inscrições para a revista de novembro já foram encerradas, a revista sairá no final de outubro. Em novembro estaremos comemorando QUATRO ANOS de nossa revista, um marco da LITERATURA SEM FRESCURA!
·         Estão abertas as inscrições para a revista especial de Natal e Ano Novo até 25 de outubro.
·         Foram divulgados os primeiros selecionados para nosso livro VARAL ANTOLÓGICO 4, quarta antologia do Varal do Brasil. A segunda e última seleção será divulgada em dezembro. Inscreva-se! Você merece estar num livro como este!
·         Estamos selecionando autores para participação no 28º Salão Internacional do Livro e da Imprensa de Genebra que acontecerá de 30 de abril a 4 de maio de 2014 aqui em Genebra, Suíça. Peça o dossiê do autor que contém todas as informações para você participar deste evento único onde estaremos com um grande estande de 50m2!


E como escritora?

Bem, como escritora participei com muita alegria do evento FOCUS BRASIL UK 2013 e do I ENCONTRO DE ESCRITORES BRASILEIROS NO EXTERIOR em Londres. Foi um encontro muito proveitoso onde pude conhecer pessoas talentosas e cheias de energia para divulgar a cultura e a língua Portuguesa com muito carinho aqui no exterior.

Em outubro estarei em Frankfurt para o lançamento do livro MULHERES DA FLORESTA com a REBRA e também lançarei meu novo livro SENTIMENTOS CONFISCADOS no estande da LITERARTE.

Todo contato com o Varal: varaldobrasil@gmail.com


Agradeço a você que acompanha nossas atividades!





Clique para aumentar!



PROPAGANDA ENGANOSA: A CULTURA DAS MULHERES LINDAS, JOVENS E MAGRAS (E “NÓRDICAS”)

EMANUEL MEDEIROS VIEIRA

“Credibilidade é a única moeda válida neste vasto mercado repleto de ruídos”
                                        (Pete  Blackshaw)

Nos anúncios televisivos, as mulheres são quase todas magras, belas e loiras.
É um padrão nórdico, mesmo que a propaganda seja veiculada na Bahia.
Segundo uma pesquisa intitulada “Representação das Mulheres nas Propagandas de TV”, realizada pelo Instituto Patrícia Galvão em parceria com o Data Popular, 65% dos 1.501 homens e mulheres de 100 municípios brasileiros ouvidos acham que o padrão de beleza feminino mostrado nos comerciais de TV é diferente da realidade.
80 das pessoas pesquisadas, acham que as propagandas na TV mostram mais mulheres brancas, quando o próprio IBGE mostra que 51% dos brasileiros se diz negro ou pardo.
“Localmente falando, acho que é uma falta de alinhamento com a realidade étnica”, diz a publicitária Renata Schubach sobre comerciais baianos que usam modelos com traços nórdicos.
Mais que isso: é uma mentira e uma “idealização” discriminatória.
84% concordam que o corpo da mulher é usado para promover a venda de produtos nas propagandas de TV.
Para a socióloga Petilda Vasquez – citada em matéria da jornalista Joana Rizerio (fonte na qual bebi)–, as campanhas reeditam a cultura da mulher como objeto.
“Essa ideia de só mostrar mulheres jovens, bonitas e com corpos esculturais é um traço discriminatório de uma sociedade que não lida bem com as diversidades culturais,” reforça.
É claro que, numa sociedade mediática, que não estiver dentro do padrão vai se sentir pressionado.
Mais ainda: frustrado, infeliz, fracassado.
A socióloga indaga: o homem se sente mais viril dentro de uma Brasília amarela ou de um Camaro amarelo?

Essa cultura está profundamente enraizada e internalizada na cultura global, do TER em detrimento do SER. – e é profundamente danosa e mentirosa*

Hoje em Genebra!





Outubro Rosa


Laureados Madalena's II - 2013


ShareThis

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...