mercredi 23 janvier 2013

CURSO DE EXTENSÃO COM DIREITO A CERTIFICADO


O CEPA em parceria com a FACULDADE 2 DE JULHO, ABRE INSCRIÇÕES  para o CURSO DE EXTENSÃO DE FILOSOFIA , EDUCAÇÃO  E  CULTURA COM DIREITO A CERTIFICADO. Será ministrado todos os sábados, das 14 às 17h, na Faculdade 2 de Julho, Garcia, pelo fundador-presidente do Cepa professor Germano Machado e coordenado pela pedagoga  Nildes Trigueiros. Tem carga horária de 60 h. Valor: R$300,00 à vista ou 5x R$ 62,00

Onde : sala B3 da Faculdade 2 de Julho(rua LeovigildoFilgueiras, 81- Garcia - Horário: das 14 às 17h Quando:De 02.03.13 a 27.07.13,todos os sábados. Inscrições e informações: cepaadmin@gmail.com, germanomachado83@gmail.com, trigueiros- vida@bol.com.br, www.cepabrasilba.org.br, (71) 3242-0502/ (71) 8800-4717.

PROGRAMAÇÃO:Aulasde filosofia, palestras (diversos temas)e apresentações artísticas.
HISTÓRIA DA FILOSOFIA(conteúdo)1.  A importância do Pensar 2. Filosofia sintetista- motivações epistemológicas da filosofia sintetista 3. O universo e sua dimensionalidade 4. Uma leitura nova ou atual dos sofistas( adendos, visão de mundo antigo grego, séc.V  a.C.) 5. Hobbes e Pascal 6. Hegel e Marx – Hegelianos de direita e de esquerda e sua repercussão efetiva no séc. XX ( e XXI?) 7.Schopenhauer e Nietzsche (visão generalizada do séc. XVII,  XVIII e XIX) 8. Positivismo 9. Positivismo Brasileiro 10. Freud, Franz Brentano 11. Jung (visão Geral) 12. As Ciências e a Filosofia (uma definição de Filosofia para hoje) 13. De Agostinho a Platão (e vice-versa ) 14.De Tomás de  Aquino a Aristóteles(vice-versa) 15. Descartes e o Moderno 16.O Cogitar e o raciocinar(visão plural) 17.Charles SanderPeirce (americano –univesal) 18. Bergson e Moritz Schlick 19. Martin Heidegger e um Destino 20. Jean Paul Sartre  e o que se pensar 1968 a 2013.

LANÇAMENTO DE LIVRO


MÚSICA EM GENEBRA DIA 25


Seminario Casás en el CGAC


ARTE E SUBXECTIVIDADE

SEMINARIO

CENTRO GALEGO DE ARTE CONTEMPORÁNEA

28  xaneiro  -  1 febreiro  2013

O principal obxectivo do seminario Arte e subxectividade  é evitar que se  cree unha única a de pensamento  sobre  o universo artístico Par is traballaremo cunha idea  que  considero fundamental: a política como ética e a ética como política. A ética tratada sen sentido moral e a política no sentido máis totalizador, como elemento de enfrontamento e cuestionamiento da codificación da realidade alienante e superestruturada da actualidade.
Creo  que  todo  sistem de  poder  é  inimigo  natural  da intelixencia, e a subxectividade analizada no seu hábitat máis profundo é a mellor defensa fronte a este poder. Entendida a arte como a expresión da relación primixenia do self e do seu diálogo co contorno, as influencias e a necesidade da deslectura marcan este seminario, no transcurso do  cal trataremos os seguintes temas:
As  influencias.  A  procura  da  entidade ou  entidades que marcaron profundamente a dirección do traballo do alumno. Cada un dos participantes no seminario deberá analizar esta cuestión en profundidade e desenvolver  un proxecto baseado nas súas conclusións.
A necesidade da deslectura e a urxencia do ético. A continuación, analizaremo a  validez  do  primeiro  proxecto, para  ver  a posibilidade  de desfacerse  desta  influencia, que podería estar camuflada polas modas, a comodidade, o mercado, etc.
A  experiencia  primixenia  como  coñecemento.  As primeiras experiencias na vida dunha persoa xeralmente son aquelas que marcan o comportamento  e as directrices que conforman a personalidade.   A  natureza é  o  contorno inmediatcomo habitáculo da xénese: arqueoloxía.
A ecoloxía  da  subxectividade.  O alumno, coñecedor dos tres temas anteriores, analizará e formalizará un proxecto acorde cos trazos máis característicos da súa personalidade artística. Para iso contaremos coa axuda de procesos de autocoñecemento sensorial, apoiados no son e en exercicios de coñecemento do corpo, permitindo así que, a través dos sentidos, se presente  a nosa subxectividade.

Fernando Casás


DESTINATARIOS: estudantes e profesionais dos ámbitos da creación
artística, a historia da arte e as belas artes, e persoas interesadas na
temática do seminario.
MATRÍCULA: 50 euros. Prazas dispoñibles até completar a capacidade.
INSCRICIÓN
As solicitudes para asistir ao curso poden presentarse na recepción do
CGAC, chamando aos teléfonos do Servizo de Actividades e Proxectos
Educativos, ou ben a través do correo electrónico
cgac.pedagogia@xunta.es, indicando os seguintes datos: nome, enderezo
postal e electrónico, e teléfono de contacto.
O CGAC expediralles un certificado de asistencia e aproveitamento ás
persoas participantes.
DIRECCIÓN: Fernando Casás
COORDINACIÓN CGAC: Gema Baños
HORARIO: de 10:00 a 14:00 h

VARAL ANTOLÓGICO 3: NORÁLIA DE MELLO CASTRO

Sempre presente com seu talento na revista VARAL DO BRASIL, Norália de Mello Castro. Foi Norália quem nos recebeu no ano passado para o lançamento do livro VARAL ANTOLÓGICO 2 em Brumadinho, MG.
Agora cá está ela no VARAL ANTOLÓGICO 3

Mineira de Belo Horizonte , Brasil, graduada em Serviço Social, turma de 64, pela Universidade Católica de Minas Gerais, após longo período sem trabalhar em literatura, voltou a dedicar-se às letras, em 2009, depois de descobrir a REBRA – Rede de Escritoras Brasileiras. Tem três livros de crônicas e contos publicados e um romance, sendo dois deles premiados. Participa de várias antologias com prosa e poesias, inclusive da Rebra, em 2010 e 2011 e do Varal Antológico 2. Obteve o 1º lugar, com um conto e o 2º lugar com um poema, no concurso da Abrames – Associação Brasileira de Médicos Escritores-RJ, em 2011. É citada no dicionário de Nelly Novais (2002) e no de Hilda Flores(2010).


VARAL ANTOLÓGICO 3: ORGANIZADORA JACQUELINE AISENMAN


Nascida em Laguna, Santa Catarina, terra de pescadores e poetas, de heróis e guerreiros.  Sente-se um pouco de cada: pesca letras, escreve e edita um pouco de tudo, trava batalhas heroicas com a vida e, nestas guerras, muitas vezes sai vitoriosa... Noutras, apenas observa e aprende.
Viajante no corpo e na alma, Jacqueline viveu em Laguna, Curitiba, Ponta Grossa, São José dos Pinhais, Florianópolis e há mais de vinte anos aquietou-se em Genebra- Suíça, sua casa e pátria também.
Foi Diretora dos Museus Anita Garibaldi e Casa de Anita em Laguna – SC onde instituiu pela primeira vez o pagamento de entradas para a instituição, criando os ingressos personalizados com obras de artistas plásticos da terra. Na mesma época fez a primeira grande reforma do Museu Anita Garibaldi, realizando um grande inventário de todo o acervo lá existente. Foi também Diretora do Departamento de Cultura da cidade onde implantou vários projetos culturais, entre eles o “Faça seu Próprio Livro”, que incentivava e ensinava a fazer livros artesanais. Realizou também projeto de longa pesquisa junto a pessoas de idade avançada no centro e no interior da cidade, numa tentativa de resgatar a memória de Laguna através de histórias contadas pelos seus cidadãos. Realizou várias exposições dos artistas plásticos, artesãos e escritores locais.
Foi colaboradora de jornais em Santa Catarina como redatora e revisora. Foi fundadora e redatora do jornal “O Manifesto”, de curta, mas intensa vida.
Representante da REBRA (Rede de Escritoras Brasileiras na Suíça, Conselheira Internacional da LITERARTE, membro efetivo e correspondente de várias Academias de Letras. Membro do Grupo de Escritores Lagunenses Carrossel das Letras. Integra também a Sociedade Poetas del Mundo e o Cercle Universel des Ambassadeurs de la Paix. Estabelecida em Genebra, Suíça, desde 1990, já publicou vários livros, voando solo e em bando. Seus livros: Coracional, Poesia nos Bolsos, Entre os Morros da Minha Infância, Lata de Conserva, Palavras para o seu Coração e seu mais novo lançamento: Briga de Foice. Criou em 2009 e até o presente momento edita a revista literária eletrônica e o site Varal do Brasil fazendo uma ponte de palavras entre o continente europeu e o Brasil.



Filha de pais abençoados. Mãe de filhos muito amados. Esposa de um homem bravo. Meu nome é Jacqueline, mas pode chamar de poeta da vida!

VARAL ANTOLÓGICO 3: RAIMUNDO CANDIDO TEIXEIRA FILHO



Talento de poeta nato, o professor Raimundo Candido Teixeira Filho, de Crateús para todos nós. Raimundo é escritor ativo no VARAL DO BRASIL e tem participado também ativamente de nossas antologias.

Um, dois, três... Este cabra está freguês! É bom demais participar, mais uma vez, do Varal Antológico III da Jacqueline Aisenman, estou até me sentindo! É assim mesmo, um sertanejo, quando é metido, fica vistoso que nem mandacaru no descampado do agreste, não dá sombra nem encosto, mas se nota de longe! Eu, Raimundo Cândido Teixeira filho, nascido nos sertões de Crateús terra onde a cruel seca fez morada, porém é respeitada porque é o rincão do glorioso José de Alencar, tenho orgulho de ter conhecido Floripa, a Ilha dos Amores, e Salvador onde Castro Alves fez a corda do verso vibrar e tudo isso graças ao acolhimento carinhoso que as páginas do Varal têm dado a Poesia. Sou professor por vocação, poeta e cronista temporão e me orgulho de aqui está, dependurado com um pregador neste imenso Varal III que se estica de Norte a Sul do Brasil. Espero que goste destes meus singelos versinhos! Um sincero abraço!

VARAL ANTOLÓGICO 3: MARLY RONDAN PINTO


Hoje vamos conhecer mais alguns participantes do nosso livro VARAL ANTOLÓGICO 3!

Está conosco a escritora Marly Rondan Pinto

Nasceu em São Paulo, Brasil, educadora, psicopedagoga, psicanalista, escritora e poetisa. Participa do Movimento Poético em São Paulo, da Casa do Poeta Lampião de Gás, da União Brasileira de Escritores (UBE), do Movimento Poético Nacional, do Varal de Poesias do Piriqueri e do Varal do Brasil. Tem oito livros publicados sendo três de poesias.

ShareThis

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...