vendredi 22 novembre 2013

PSEUDOSOFIA

Nazaré, 01-03-1974
Gilberto Nogueira de Oliveira

Vou subindo as montanhas,
Transpondo uma a uma,
De uma em uma,
Para tentar ver
A grande imagem divina
Mas, nada encontro.
Exceto outras montanhas,
Outras montanhas distantes.
Tudo isso eu fiz
Só para ver a imagem,
E tudo foi um fracasso.
Nada vi.
Nem as lindas flores prometidas,
Imaginarias e perfumadas,
Como diz a falsa ciência.
Onde está essa imagem,
Essa divindade obscura?
Essa presença abstrata?
Está na filosofia?
Está em nosso corpo?
Está em todo lugar?
Como pode essa imagem
Estar em todo lugar
Se ela é única?

Esteve em Beethoven
Que é tão maravilhoso?
Afinal, está na terra?
Onde está?
Será que existe?
Talvez, no dia em que for vista,
Vai virar arrecadação monetária.

E lembro-me de que ando
Através das montanhas.
Paro para meditar.
A concentração faz-me voar.
Só penso nessa divindade
E ela não aparece.
Então, pergunto aos entendidos:
Onde eu posso encontrá-la?

Será que no amor?

ShareThis

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...