jeudi 12 septembre 2013

AGRADECIMENTO

                             O divino e o humano revelam-se em nós tanto no fazer o bem quanto no agradecer.

Conforme foi amplamente divulgado, aconteceu, na noite de 02 de agosto próximo passado no hall da Assembleia Legislativa, em Florianópolis, o Lançamento do Varal Antológico 3. O evento foi um sucesso. Grande número de convidados e metade dos quarenta coautores da referida coletânea fizeram-se presentes, muitos deles vindos de longe, desde Jaguarão, no extremo sul do Brasil, até Crateús, no Ceará.
Como foi prazeroso aquele encontro! Conhecer e trocar, livros e ideias com colegas escritores de perto e de longe, participar do saboroso coquetel e principalmente conhecer e agradecer, de olhos nos olhos, à magnânima criadora do Varal do Brasil, organizadora e redatora-chefe do Varal Antológico, senhora Jaqueline Aisenman.
Dividido entre as artes plásticas, a literatura e outros compromissos, ainda não li todos os textos. Mas pelos poucos já lidos, pude perceber que são todos de alto gabarito. Encantaram-me sobremaneira: “Tecidas Manhãs”, de Maria de Fátima Barreto Michels, o “Encantador de Passarinhos”, de Arlete Trentini dos Santos, o “Sargento Mais ou Menos”, de Vó Fia, e “Um Compromisso Para o Natal”, de José Alberto de Souza.
O Varal Antológico, já em seu terceiro volume, é uma realização do Projeto Varal do Brasil, movimento literário iniciado em Genebra, na Suiça, em 2009, o qual preconiza e incentiva uma “Literatura sem frescura”. De renome e alcance internacionais, o Varal do Brasil tem por objetivo descobrir e divulgar, para além de nossas fronteiras, bons textos em língua portuguesa, em prosa ou em versos, de autores iniciantes do Brasil inteiro e do exterior.
Integrar-se ao Varal do Brasil e participar do Varal Antológico é garantia de internacionalizar o círculo de seus leitores e tornar-se, portanto, um escritor do mundo. Sou devedor desta ventura a duas pessoas maravilhosas: minha prezada amiga lagunense, a professora Maria de Fátima Barreto Michels, que gentilmente me fez o convite, e a escritora Jaqueline Aisenman, que aprovou o meu texto e acolheu a indicação do meu nome.  A elas, o meu preito de profunda gratidão.



Pedro Antônio Corrêa – Membro da Academia de Letras de Tubarão/SC


ShareThis

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...