jeudi 11 avril 2013

O SILÊNCIO, CONTO DO GRUPO VARAL DO BRASIL NO FACEBOOK


Frases inspiradas numa  foto postada pela moderadora do grupo do Varal do Brasil 

Mini conto:   O silêncio  
Grupo do varal – março de 2013.

Infelizmente desconhecemos o autor da foto (Se você conhecer, diga para que reconheçamos o talento do autor!)



O silêncio (conto)

Preta e branca, cinzas de luz e silêncio de canto, naquela hora tudo o que eu queria era a calma e paz...Precisava da paz que somente o silencio seria capaz de oferecer, naquele momento delicado.
 Um dia...! Eu vou gritar... todos os gritos que continuam oprimidos e sufocados na minha garganta. Querias atravessar minha mente com suas suposições obscuras, mas tudo era só poesia. Poesia pra encher a lacuna entre os corpos, sob o efeito vibrante dessa adorável música... Lúdica poesia...
***
Silêncio!...Te observo no meio da escuridão, sinto que estamos em solidão, um minuto de amor para selarmos nossa eterna paixão...
Deixa-me ouvir a voz que retumba em meu coração, não me venhas com palavras soltas, não tentes me convencer com as mentiras que insistes em contar... Hoje só ouço o que vem de dentro, o resto é silêncio... Não. Não ouses falar de meus sentimentos. Cala-te e farei o mesmo. De que vale desnudar nossos tormentos, se o que ficará gravado a fogo será a glória do voo entre os teus braços? Flocos de neve que passeiam pelos meus sonhos, pedaços de Inverno cheios de vida que adormecem diante de um beijo teu... Mudos entendimentos... Profunda sabedoria dos silêncios. Na aquiescência das leis da Natureza -necessárias estações do ano, cada uma tem sua poesia- a Inteligência Humana reconhece o coração, que teima em reinar sublime sobre todas as coisas, no ritmo envolvente dos nossos passos e desta canção.
***

Eu te peço silêncio. Não somente o das palavras, mas também o do olhar. Peço-te que me ouças: com o coração, com o corpo, com a alma. Depois, quebraremos o silêncio juntos e comemoraremos a vitória da compreensão
          O universo está aí... bem dentro de ti...É só mergulhar, se expandir, se aprofundar...no silêncio-mistério- poético deste mar...
***
Teu olhar me diz tudo. Não precisas falar. 
Psiu!...escuta, amor, o Silêncio!...Ele está pleno de músicas, na dança da Vida!... venha comigo dançar... Não. Não digas nada agora, desnecessárias as palavras! apenas "ouça" o que diz o silêncio...
                                            ***

Participantes, em março de 2013:
Organizado por Norália Castro e Ly Sabas

ShareThis

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...