vendredi 15 mars 2013

Versão Beta



  
Versão Beta é uma análise perspicaz, divertida e comovente da natureza "ficcional" da identidade moderna. O romance faz uma exploração sofisticada dos limites entre realidade e ficção, autor e personagem, do conflito entre vida privada e pública em tempos de redes sociais. Com uma estrutura muito bem construída, a autora vai apresentando e articulando o conflito da personagem e revelando aos poucos que estamos lendo uma história com componentes metaliterários, em que a natureza verdadeira do narrador e de seus personagens estão sendo questionados. Jan Bitencourt conseguiu dar uma cara particular e atual ao tema, se utilizando do jogo de alternância de narradores e tempos verbais, aliados a uma trama bem intrigante.


Sobre a autora

Jan Bitencourt é redatora publicitária, empreendedora e viciada em livros. Publicou Contos Mínimos, um livro de nanocontos feito com mais três autores, mantém um blog www.caiuacaneta.blogspot.com.br e estreia como romancista em Versão Beta, resultado da oficina literária que participou esse ano na Terracota Editora.


Comentários de Tati Bernardi – Publicitária e Roteirista

Dizem que todo primeiro livro é uma autobiografia. Daí o escritor amadurece e... continua falando se si mesmo, mas disfarçado de terceira pessoa. Nesse livro Versão Beta a estreante Jan Bitencourt conseguiu somar mais do que todas as “pessoas” possíveis na hora de relatar sonhos, medos, dores, sensações e experiências. Ela teve a proeza de unir narrativas psicológicas com ações bem descritas e aventuras geográficas. Alberta e Beta são malucas pelo amor. E se engana quem pensa que é só o amor romântico, o buraco que fica quando não se tem um "tu" entre as duas possíveis vozes autocentradas de um narrador feminino. No caso delas trata-se do amor por viver e escrever.
Kizzy Ysatis – Professor da Oficina de Criação Cozinha Literária

Este livro é uma refeição completa. Como entrada temos Alberta, escritora em crise. Insere a trama e se recolhe com graça, dando espaço para o prato principal: Beta, a sacana descarada. Larápia dissimulada. Sai do livro e zomba a criadora, escrevendo sua própria versão que ganha o mérito de intitular a obra. Mas quem é Beta, afinal? A questão nos apetece a seguir nova teoria a cada estripulia. Hacker? Delírio? Alberta que é a ficção? A ficção se dilui na realidade. Fenômeno do qual o que é físico e o que é virtual se unem, confundem-nos amiúde. Quem lê Versão Beta, não crê que foi redigido em três meses por uma autora que receava nunca conseguir escrever um romance. Mas ela conseguiu, e o resultado prova que Jan Bitencourt é escritora de mão cheia. Acerta na escolha dos ingredientes, preparando uma prosa arguciosa e vibrante, cujo final, como boa sobremesa, nos faz sair sonhando, fechar o livro sorrindo, lambendo os dedos, desejando repetir.
James Scavone – Diretor de Criação e Sócio da Agência Salve

Autora e personagem se confundem neste romance pós-moderno. Mudanças de vozes e narrativas levam o leitor a uma turbulenta aventura de São Paulo a Madri. Dinâmico e intrigante: você não vai conseguir colocar o livro de lado até chegar ao final da trama.

Título: Versão Beta
Autor: Jan Bitencourt
Editora: Terracota
Gênero: Romance
Páginas: 168
Preço: R$ 35,00


Cel: (11) 98457 5510

ShareThis

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...