lundi 18 mars 2013

CORAÇÃO PASCAL


Um
altar
para
o
sacrifício
a
favor
da
condição
humana;
disposição
que
compreende
as
agruras
do
próprio
destino,
e
os
desalentos
de
seus
semelhantes;
aceita
os
reveses
diante
da
solicitação
contemporânea
do
mundo
materialista;
e
age;
não
se
intimida
diante
da
própria
limitação
expressa
nos
atos
operantes;
implora
ao
criador
forças
da
mais
alta
coragem,
para
não
sucumbir
diante
da
meta
considerada
como
um
nobre
ideal
divino
a
cumprir;
trabalhando
sempre
em
prol
do
bem
geral
futuro
da
Humanidade;
frente
às
reminiscências
dá-lhes
um
novo
sentido,
um
belo
colorido;
ricos
conteúdos
são
avivados,
não
se
prendem
mais
ao
passado;
promovendo-lhes
metamorfoses
para
uma
nova
forma
de
consciência,
adequando-se
às
exigências
da
presente
época;
deseja,
fervorosamente,
servir
à
causa
humana;
um
coração
se
tornando
ponte;
coração
pascal;
um
homem,
audacioso,
trabalhador,
humano
e
amigo,

realizando
a
passagem
por
entre
duas
épocas
do
desenvolvimento
da
 Humanidade,
firmando
entre
elas
uma
interação
viva,
espiritual,
eterna;
uma
dirige-se
do
mundo
espiritual
ao
mundo
físico-
sensorial,
buscando
 a
 terra
prometida;
a
outra,
retorna
ao
mundo
espiritual
partindo
do
mundo
exterior
físico,
do
deserto
árido
da
alma
humana
contemporânea,
fazendo
a
nova
passagem,
às
custas
de
altas
forças
de
sacrificio
consciente,
operante
sob
a
bandeira
da
liberdade
e
do
amor,
virtudes
verdadeiramente
vivenciadas
na
alma
da
consciência,
rumo
à
personalidade
espiritual;
labora
em
prol
da
condição
humana
carente
pelo
excelso
despertar;
coração
pascal,
altar,
coração
se
tornando
ponte,
um
coração
de
essência
mosáica!
Sensível
ao
Cristo.



GILDO PEREIRA  DE OLIVEIRA
oliveira.gildo@bol.com.br

RIO VERDE, GOIÁS, 23.05.2009

ShareThis

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...