samedi 3 mars 2012

O BRASIL PRESENTE NO SALÃO INTERANACIONAL DO LIVRO DE GENEBRA: CARTAZES OFICIAIS DA LIVRARIA VARAL DO BRASIL








Camaradas, Camarás, Companheiros e Compas de todos os credos e incredulidades.

Texto de Raul Longo
(enviado por Urda Alice Klueger)

Quero avisar de que já se encontra nas livrarias do Brasil a segunda edição de FILHOS DE OLORUM - CONTOS E CANTOS DE CANDOMBLÉ.
Escrevi esse livro quando morei na capital baiana. Trata do que aprendi com grandes mestres da cultura afro-brasileira: dos mundialmente afamados à gente das ruas e periferias, das matas e dos morros, das praias e do campo. Registrei seus conhecimentos sobre os deuses e através dos orixás moldei os personagens fotografados por minha percepção literária. Falo ali de homens, mulheres, velhos e crianças, através de seus arquétipos e seus significados.

A primeira edição de FILHOS DE OLORUM aconteceu em 1980. Algumas histórias foram publicadas na África de língua portuguesa e outras, versadas ao inglês por publicações dos Estados Unidos onde uma crítica de literatura, Sky Morrison, as considerou hipnóticas. Aqui no Brasil, o primeiro comentário foi o do escritor Ignácio de Loyola Brandão quando o livro ainda era inédito: “Um livro de contos que resultou num quase romance. De leitura difícil, mas fascinante”.

Edson Braga, pioneiro diretor de grandes sucessos da teledramaturgia em novelas (“A Viagem”, “Mulheres de Areia” – TV Tupi) e adaptações de obras literárias (Maquiavel, Dostoievski, Machado de Assis, etc.  – TV Cultura) projetou reunir os contos de FILHOS DE OLORUM num seriado. Infelizmente Edson Braga não pode concluir o que afirmava que seria a chave de ouro de sua carreira. Ao transpor antecipadamente os umbrais da existência física, deixou-me a tarefa que venho tentando concluir, embora sem a mesma experiência e brilhantismo. E assim FILHOS DE OLORUM vem se tornando o primeiro roteiro de seriado sobre a cultura afro-brasileira, sob o título desenvolvido pelo Edison: “ORIXÁS” .

Como autor, qualquer meu comentário é suspeito, por isso transcrevo o dos editores, na orelha desta primorosa edição da Pallas Editora e Distribuidora, do Rio de Janeiro: “Filhos de Olorum – contos e cantos de candomblé é um livro para ser lido muitas vezes... Cada conto de Filhos de Olorum pode ser lido como uma bela narrativa mítica e como uma análise social. E cada leitura desvenda mais um mistério, proporciona mais uma descoberta, dá margem a mais uma reflexão”.

Caso queiram conferir a exatidão dessas opiniões, além das livrarias podem encontrar também pelo endereço: http://www.pallaseditora.com.br/produto/Filhos_de_Olorum/229/
E de quem o fizer, agradeceria comentários, críticas e opiniões. Sugestões também.
Muito axé e abraço grande!


Exposição de Aquarelas de Iara Abreu-Biblioteca Luis de Bessa -Belo Horizonte-MG

O BÊBADO E O DONO DO BAR

Por Gilberto Nogueira de Oliveira


Nazaré-Ba, 25-12-2010



O dono do bar está cansado

E quer fechar o bar.

Mas, eis que aparece

Mais um bêbado no bar.

O dono do bar está estressado,

Mas o bêbado e a mulher do bêbado

Querem beber o bar.

Agora, o dono do bar

Quer beber a mulher do bêbado.

Também a mulher do bêbado

Quer beber o dono do bar,

Para dar tempo

Do bêbado beber o bar,

Sem que o bêbado pague

A bebida do dono do bar.

Mas o dono do bar, na sua esperteza

Quer beber a mulher

E cobrar a bebida do bêbado.

Por isso, o dono do bar

Dá bebida á mulher do bêbado,

Para ver se consegue

Beber a mulher do bêbado,

E cobrar a sua bebida

Bebendo sua mulher.

Mas a mulher do bêbado

Também quer beber,

Além de querer beber

Também o dono do bar.

Porem o dono do bar

Que se achava com sono,

Expulsa o bêbado do bar

E bebe a mulher do bêbado,

Que dorme na porta do bar,                                                              

Ouvindo os gemidos da mulher

Que já se encontra bêbada,

Bebida pelo dono do bar.

Logo depois

O bêbado foi para o lixo,

E pegou uma garrafa de cachaça,

Daquelas bem ordinárias.

Mas a garrafa estava vazia.

Tentou espremer a garrafa,

Como se quisesse aproveitar

O seu ultimo pingo mas,

Para a desgraça do bêbado

O álcool é volátil

Então, ele volta para o bar

E bate três vezes na porta.

Não houve resposta.

Parou para escutar,

Mas sua mulher

Já havia sido bebida.

De repente a porta se abriu,

E sua mulher saiu bêbada,

Pois havia sido bebida

E empurrada pelo dono do bar.

Aí o bêbado pediu uma bebida,

Mas o dono do bar

Já havia bebido a mulher,

E agora devolvia sua mulher bêbada,

A seu antigo proprietário, o bêbado.

Programa Debates Culturais

Aviso aos meus amigos que sábado, dia 03 de março, o programa Debates Culturais terá, além de mim, Alessandro Lyra Braga, as presenças da engenheira civil e diretora da CUT NacionalLúcia Reisda coordenadora da Equipe Resgato – sociedade civil pelos direitos dos animais, Marli Moraesdo médico, diretor do Sindicato dos Médicos do Rio de JaneiroEraldo Bulhões; do teólogo e professor, Kadú Santoroe, do jornalista e editor-chefe da revista Consciência.netGustavo Barreto



Conversaremos sobre as verdades e as mentiras envolvendo a Dengue, abordando ainda sua forma adequada de prevenção e tratamento, e ainda falaremos sobre a saúde pública no Brasil. Debateremos ainda sobre a origem das divergências entre JudeusIslâmicos e Cristãos. Conversaremos ainda sobre as dificuldades no campo da pesquisa científica no Brasil, avaliando ainda as perdas ocorridas quanto aos episódios na Antártida. E, como homenagem pelo Dia Internacional da Mulher, faremos uma avaliação sobre a atuação das mulheres na política nacional.



O programa Debates Culturais é transmitido pela Rádio Boas Novas AM 1320 do Rio de Janeiro, todos os sábados, a partir das 14:00hs. Quem desejar participar por telefone com perguntas e/ou comentários, pode fazê-lo pelo telefone 2576-8484. Quem não puder ouvir nosso programa ao vivo, poderá ouvi-lo na íntegra, quando desejar, em nossa revista eletrônica http://www.debatesculturais.com.br, acessando, na barra azul de botões, a seção “Áudio dos Programas”


Acompanhem nosso Twitterhttp://twitter.com/debatescult!



A todos os meus amigos, um bom final de semana e espero que gostem do programa e dos artigos da revista!

ShareThis

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...