mardi 14 février 2012

RESULTADO FINAL DO PRIMEIRO CONCURSO LITERÁRIO “OLIVEIRA CARUSO”

1.   MENÇÕES HONROSAS

NA CATEGORIA “POESIA”


  • THERE VALIO (PILAR DO SUL-SP) – VELEJANDO
  • SÍLVIA F. LIMA (JAGUARÉ-SP) – O GATO

NA CATEGORIA “PROSA”

MOREA ALVES (GUARULHOS-SP) – O LAÇO DO DESTINO
  • MERARI TAVARES (ATIBAIA-SP) – SAUDADES DE VOVÓ
  • MAMEDE GILFORD DE MENEZES (ITAPIPOCA-CE) – PEDRA DOS OSSOS
  • JOSÉ BUENO LIMA (SANTO ANDRÉ-SP) – TUDO ACABADO!

  QUADRO DE MEDALHAS

NA CATEGORIA “POESIAS”

MEDALHA DE OURO: JOSÉ LUIZ DIAS CAMPOS (SÃO PAULO-SP) – NUNCA DESÂNIMO

MEDALHA DE PRATA: IRONI LÍRIO (GUARULHOS-SP) – TEOBALDO

MEDALHA DE BRONZE: NERI BOCCHESE (PATO BRANCO-PR) – PROSEAR COM MEU AVÔ

NA CATEGORIA “PROSA”

MEDALHA DE OURO: JÚLIO CÉSAR BRIDON (GASPAR-SC) – O POETA E A VIDA

MEDALHA DE PRATA: BRENNO RODRIGUES DIAS (RIO DE JANEIRO-RJ) - ESMOLA

MEDALHA DE BRONZE: EDÍLSON NASCIMENTO LEÃO (URANDI-BA) – NAS ENTRANHAS DO PASSADO

RESULTADO FINAL DO CONCURSO LITERÁRIO “EROTISMO COM ARTE” 2011

1.   MENÇÕES HONROSAS


NA CATEGORIA “POESIA”


  • Y. R. LIRANZA – RAIMUNDO SONHARES (TAUBATÉ-SP) – MAR EM PENUMBRAS
  • THERE VALIO (PILAR DO SUL-SP) – AMOR PROIBIDO
  • TERESA AZEVEDO (CAMPINAS-SP) – ESPELHO DE MINH’ALMA
  • NERI FRANÇA FORNARI BOCCHESE (PATO BRANCO-PR) – AS NÚPCIAS DO CRIADOR
  • MARIA OLINA CARDOSO FEIJÓ (PELOTAS-RS) – CORPO EM REDENÇÃO
  • LÚCIA CELESTE BARBETTA (RIO DE JANEIRO-RJ) – MEU DIAMANTE
  • YVETTE B. L. – PORMENOR (SÃO PAULO-SP) – VOLUPTUOSO AMOR
  • FRANKLIN MANO (CACHOEIRINHA-PE) – FREJAT
  • DHIOGO J. C. – MUSO LÍRICO (URUANA-GO) – SUSSURROS DE PRAZER


NA CATEGORIA “PROSA”

  • GERALDO J. S. – ANNA JACINTA (BEBEDOURO-SP) – PARA PROVAR QUE EU GOSTO DE VOCÊ
  • VERA V. V. – CONCEIÇÃO (ANÁPOLIS-GO) – LOIRA CONCUBINA
  • LAÍS EVELYNE (JANUÁRIA-MG) – PRAZER E LOUCURA
  • FEITOSA – AMETHYSTE (FORTAZEZA-CE) – CONTINENTES EM CHAMAS
  • INA MELO (RECIFE-PE) – QUERIDO AMIGO DO CORAÇÃO
  • VALÉRIA V. V. – DRUMUNDO (ANÁPOLIS-GO) – SOLUÇOS DO CORPO

2.  QUADRO DE MEDALHAS


NA CATEGORIA “POESIAS”

MEDALHA DE OURO: ELAINE M. – BY M&!!O (RIO DAS OSTRAS-RJ) – EMBRIAGADOS DE AMOR

MEDALHA DE PRATA: CLÁUDIA C. – LENITA LUNA (BELO HORIZONTE) - APETITE

MEDALHA DE BRONZE: INA MELO (RECIFE-PE) – EXPLOSÃO DE DESEJO



NA CATEGORIA “PROSA”

MEDALHA DE OURO: TERESA AZEVEDO (CAMPINAS-SP) – UM INTRUSO ADORÁVEL

MEDALHA DE PRATA: IZABELLE VALLADARES (CABO FRIO-RJ) – SIMPLESMENTE ONTEM

MEDALHA DE BRONZE: MÁRIO REZENDE (RIO DE JANEIRO-RJ) – DESEJO IRREPRIMÍVEL


RESULTADO DO CONCURSO LITERÁRIO “LITERATURA DA NATUREZA 2011”

1.   MENÇÕES HONROSAS

NA CATEGORIA “POESIA”

  • VIVIANE SCHILLER BALAU (PORTO ALEGRE-RS) – MAR
  • LENIR MATTOS DE MOURA (ARRAIAL DO CABO-RJ) – ALERTA MUNDIAL
  • DANUSA ALMEIDA (CAMPOS DOS GOYTACAZES-RJ) – CENÁRIO DIVINO
  • NERI FRANÇA FORNARI BOCCHESE (PATO BRANCO-PR) – GRALHA AZUL
  • LUIZ CARLOS LEME FRANCO (CURITIBA-PR) – FRUTAS
  • MARCELO ALLGAYER CANTO (CACHOEIRINHA-RS) – VOU VER A PRAIA
  • CRISTINA CECCAGNO (PELOTAS-RS) – EM NOITE DE CÉU ESTRELADO
  • MARIA LURDETE DA BOIT BEZ BIROLO (SIDERÓPOLIS-SC) – NATUREZA, CENÁRIO DE NOSSA HISTÓRIA

NA CATEGORIA “PROSA”


  • JAIR PEREIRA DA SILVA (PILAR DO SUL-SP) – O FIM ESTÁ POR UM FIO
  • MARIA RITA DE CÁSSIA PRETO (SÃO SEBASTIÃO DO PARAÍSO-MG) – SIMPLESMENTE NATUREZA

 QUADRO DE MEDALHAS

NA CATEGORIA “POESIAS”

MEDALHA DE OURO: VALÉRIA VICTORINO VALLE (ANÁPOLIS-GO) – DIA DE ROÇA

MEDALHA DE PRATA: EDILSON NASCIMENTO LEÃO (URANDI-BA) – SIMPLESMENTE UMA FLOR

MEDALHA DE BRONZE: THEREZINHA APARECIDA VÁLIO CORRÊA (PILAR DO SUL) – PASSAGEIRO DA SAUDADE


NA CATEGORIA “PROSA”

MEDALHA DE OURO: NYLTON GOMES BATISTA (OURO PRETO-MG) – O ENCARCERADO

MEDALHA DE PRATA: NERI FRANÇA FORNARI BOCCHESE (PATO BRANCO-PR) – ÁGUA ANDANTE

MEDALHA BRONZE: ANA ISABEL MARIANO DE CARVALHO (SÃO PAULO-SP) – CARTA ABERTA À NATUREZA

1º CONCURSO LITERÁRIO FULGURAS DO AMOR

1. Da finalidade do concurso

O presente concurso literário, conquanto destinado a pessoas de qualquer nacionalidade, visa a estimular a escrita na língua portuguesa (e a leitura da tão respeitada literatura brasileira), numa época em que esta precisa tanto de valorização por parte de seus próprios nacionais. Para o caso de dúvida acerca da autenticidade do concurso, há o currículo do idealizador (Paulo Roberto de Oliveira Caruso) logo abaixo, juntamente com o resultado dos 3 (três) primeiros concursos literários promovidos pelo escritor. Importante é frisar que, para efeito de comprovação da autenticidade do alegado currículo do escritor OLIVEIRA CARUSO, seus títulos encontram-se comprovadamente em diversos sites e blogs pela internet, bastando digitar o nome inteiro nos sites de busca. Deve-se ressaltar que não há CNPJ por trás do concurso simplesmente porque somos pessoas físicas organizando-o e atribuindo a premiação aos vencedores sem que haja uma empresa ou ONG voltada para tal. Agradecemos desde já a confiança de escritores inscritos nos 3 (três) concursos literários anteriores (LITERATURA DA NATUREZA, EROTISMO COM ARTE e OLIVEIRA CARUSO). Assim, pudemos premiar escritores profissionais e amadores de várias partes do Brasil e de Portugal.





2. Da inscrição


2.1. A inscrição será aberta a todos os autores que entreguem seus textos em língua portuguesa.


2.2. O período de incrições dar-se-á de 20 de fevereiro de 2012 a 23 de março de 2012, através do envio dos dados do autor seguidos do(s) texto(s) no corpo do email (logo, sem anexos), para voidrush@gmail.com .


2.3. Não há necessidade de os textos inscritos serem inéditos, desde que os aludidos textos não tenham se sagrado vencedores de outros concursos que hajam exigido a cessão de direitos autorais. Se os textos tiverem sido vencedores, mas não haja sido exigida a cessão aludida, serão perfeitamente aceitos.


2.4. A participação neste concurso implicará na aceitação irrestrita do regulamento presente, sendo irrecorrível e soberana a decisão do júri no que tange a dirimir quaisquer dúvidas não esclarecidas neste mesmo regulamento.
 

2.5. Deve ser efetuado o depósito no valor de R$20,00 (vinte reais) por texto inscrito, com limite máximo de até 3 (três) textos por cada categoria (prosa e poesia) no BRADESCO, na conta de POUPANÇA nº 0203752-1 da agência 3434-7. Por exemplo, a pessoa que inscrever 4 (quatro) textos precisa depositar R$80,00 (oitenta reais), sendo 3 (três) em prosa e 1 (um) em poesia, mas deve respeitar o máximo de textos de cada categoria (3 textos).


2.6. Não será devolvido o valor depositado no caso de desclassificação de textos.


2.7. A cópia do comprovante de depósito bancário da taxa de inscrição deverá ser preferencialmente enviada por email, podendo ela ser digitalizada ou fotografada.


2.8. O envio de textos sem o devido pagamento até o dia 20 de março de 2012 implicará a imediata desclassificação dos mesmos.



3. Das categorias de textos


3.1. A categoria “prosa” engendrará qualquer tipo de prosa, como: conto; crônica; redação; carta; trabalho acadêmico; artigo; microconto etc.


3.2. A categoria “poesia” engendrará qualquer tipo de poesia, como: poesia livre; haikai; indriso; trova; soneto; glosa; redondilha; cordel; rondel; poetrix etc.
 

3.3. Para a categoria “prosa”, a formatação deverá ser em fonte TIMES NEW ROMAN ou ARIAL, ambas tamanho 12, espaçamento simples, sendo que o texto deve ocupar no máximo cinco páginas do editor de texto (word / wordpad) e deverá ter necessariamente título.

3.4. Para a categoria “poesia”, a formatação deverá ser em fonte TIMES NEW ROMAN ou ARIAL, ambas tamanho 12, espaçamento simples, sendo que o texto deve ocupar no máximo uma página do editor de texto (word / wordpad) e deverá ter título necessariamente.



 4. Do tema


4.1. O tema para qualquer das duas categorias será o amor, em quaisquer de suas essências, como: o amor entre pais e filhos; o amor entre casais (independentemente de orientação sexual; o amor por animais; o amor por divindades (Deus, natureza, deuses); o amor por uma celebridade; a admiração por alguém etc.



 5. Dos dados necessários
 

5.1. No corpo do email (não como anexo) deverão constar:

 - o nome completo do autor;

- o pseudônimo adotado;

- a(s) categoria(s) a que concorre (prosa / poesia);

- o endereço completo (com CEP) para o envio do prêmio;

- um breve currículo do autor (até no máximo 10 linhas);

- opcionalmente, o número do telefone residencial e do telefone celular, para eventuais esclarecimentos.



5.2. Também no corpo do email (não como anexo) deverá ser enviado cada texto a concorrer, logo abaixo dos dados aludidos no parágrafo acima, sendo que (de acordo com a preferência do concorrente):



- cada texto poderá ser enviado em uma correspondência eletrônica diferente junto com os dados acima do mesmo ou um em seguida do outro. Por exemplo, se forem enviados 6 (seis) textos, enviando 6 (seis) emails, sendo cada um com os dados pedidos do autor e o texto em seguida,



- ou podem ser, no caso de mais de um texto do mesmo autor, enviados no mesmo email, mas separados por título, após os dados do autor.



5.3. O concorrente é plenamente responsável pela veracidade das informações prestadas e pela eventual prática de plágio total ou parcial, sendo que tal prática acarretará a eliminação imediata do concorrente.





6. Da premiação


6.1. A premiação consistirá de medalhas de ouro, prata e bronze, respectivamente para o primeiro, o segundo e o terceiro colocados de cada categoria, sendo que cada medalha é confeccionada em material resistente a simplesmente simbolizar a cor do metal respectivo aludido, como normalmente se dá em competições em geral.



6.2. Desta feita o concurso literário conta com medalhas de 5 (cinco) centímetros de diâmetro, ao invés dos 3,5 (três e meio) habituais do presente concurso, o que faz com que ela tenha aproximadamente 19 (dezenove) centímetros quadrados de área ao invés dos aproximados 10 centímetros quadrados de área, o que dá ainda maior pompa à premiação.



6.2. Será enviado por email, após a publicação do resultado, a todos os participantes que não conquistarem medalha, um certificado de participação no presente concurso literário, sendo que a data de publicação da lista dos vencedores será 1º de maio de 2012, podendo até mesmo ser antecipada ou postergada (devido à quantidade de trabalhos recebidos ser menor ou maior que a esperada), sendo certo que se dará no blog LITERATURA DA NATUREZA e através de email enviado para os três vencedores de cada categoria.



6.3. Os participantes, em caso de serem premiados, autorizam desde já a publicação de seu texto agraciado no blog LITERATURA DA NATUREZA para meros fins de promoção do concurso cultural e dos autores, não havendo qualquer cessão de seus direitos de autor em prol do concurso, já que este não ensejará a publicação de antologia; no caso de preferirem, os participantes poderão se identificar apenas com pseudônimo, sendo certo que este dado é que, no caso de preferência do autor, será publicado no blog, em caso de ser agraciado com medalha ou menção honrosa.



6.4. Se for constatado haver vencedor com mais de uma medalha na mesma categoria, será mantida a melhor colocação, suprimindo-se as demais, podendo, a critério da comissão julgadora, ser concedida menção honrosa a autores não contemplados com o prêmio, mas cujo desempenho se mostre digno de ser ressaltado.



6.5. As medalhas serão enviadas por PAC para o endereço informado pelos concorrentes até uma semana após a publicação da lista de vencedores.





7. Da ocorrência de plágio


7.1. Novamente deve-se ressaltar que qualquer sinal indicativo de plágio fará com que o concorrente seja imediatamente desclassificado.



8. Da comissão julgadora e do julgamento



8.1. A comissão julgadora será composta por membros ligados à literatura brasileira e atuantes na mesma cena.



8.2. Considerar-se-ão no julgamento: correção de linguagem; beleza das imagens poéticas (no caso da categoria “poesia”); originalidade; criatividade; coesão e coerência.



8.3. Serão desclassificados do concurso os candidatos que não efetuarem o pagamento da taxa de inscrição, não obedecerem aos critérios para a inscrição dos textos ou não enviarem os dados pedidos no regulamento.





Rio de Janeiro (RJ), fevereiro de 2012.

A SABEDORIA E O AMOR DE SÃO FRANCISCO DE ASSIS

           Uma estrela misericordiosa, majestosa e divina, verdadeiramente humana e amiga, porém simples e pobre, que não tinha, às vezes, um lugar para dormir, habitou entre os humildes e os poderosos moradores da pequena cidade de  Assis, Itália, no século XII; um astro solitário que veio à luz do dia a partir de si mesmo e se apresentou sob a forma de uma individualidade eterna, dinâmica e corajosa ; foi assim que em Francisco de Assis, um ser despojado de ambições externas, ilusórias, pode falar, à luz das ações nobres e benfazejas do espírito humano livre, o sublime e sacrossanto Mistério da Trindade Santa que, no homem comum, encontra-se velado sob  profundos mistérios.
           Que coração misericordioso, que pensar claro, que vontade  férrea, destemida sem volteios; uma vida toda devotada aos sacerdócio em favor do bem futuro da nossa civilização era o lema e o sentido de vida daquele homem audacioso que adorava a todos ajudar durante todos os momentos de sua vida;como poderia aquele homem, portador de uma compreensão misericordiosa e ativa cerrar seus olhos diante de tanto sofrimento ?! Possuidor dos mais altos ideais morais, juntamente com outros irmãos, dirigia-se, diariamente, ao sagrado mister do sacerdócio e da cura viva!
            Quando Bernardo, o mais íntimo de seus amigos, retorna dos campos de batalha, encontra uma lacuna insubstituível, pois Francisco não estava mais ali; e o mais difícil ainda de compreender era o palavratório reinante na pequena Assis, segundo o qual Francisco perdera o sentido de coerência no relacionamento com as pessoas e o mundo; ele vai ter com o amigo para certificar-se dos rumores; só, gradativamente, vai encontrar  guarida em seu coração aquela verdade de Francisco que, também , o sensibiliza para o espírito; compreende, portanto, o grande herói das batalhas a razão pela qual Francisco trocara as armas pelas faculdades altruístas de piedade, compaixão e amar!
           Numa certa época, em decorrência do fato de muitas almas terem alcançado uma evolução que dispensava certos corpos de então, esses desintegravam-se, originando seres demoníacos que passavam a povoar certo trecho da Europa; e a invasão de Átila e os bárbaros, gerando  medo e terror em grande parte da população, foram o fator estimulante para fazer grassar no solo europeu uma epidemia que ficou conhecida como a doença Lepra; Francisco atuou de conformidade com as leis do espírito e pôde realizar um trabalho magistral ; ele devolveu aos enfermos a saúde e o equilíbrio de outrora.
          Mas o mundo vai continuar privado dessa  grandiosa capacidade de amar, enquanto o homem não a extrair, por experiência própria, do espírito autônomo, livre, como descrito nesse texto, na realização do indivíduo humano plenamente constituído; longe está, ainda hoje, a humanidade de poder alcançar uma compreensão dos verdadeiros efeitos curativos que se repousavam nas faculdades psico-espirituais oriundas de uma coragem devidamente metamorfoseada no amor humano-universal; assim de posse da substância do amor humano-universal, Francisco caminha, consola, auxilia e cicatriza no corpo e na alma dos irmãos enfermos estados mórbidos que até então não tinham correção, nem consolo; portanto, estamos diante da verdadeira personifi cação de uma disponibilidade consciente e abnegada a serviço do seu semelhante.
            Não podemos nos esquecer da grandiosidade oculta por trás da simplicidade dos franciscanos daquela época; e que levou sua Santidade o Papa Inocêncio III a dizer a Francisco: “Vá, tua humildade nos deixa humilhados”; é ele a verdadeira personificação dos mais altos ideais dos impulsos morais, nobres, humanos, a serviço do  irmão que sofre; de posse de energias psico-espirituais autônomas e curadoras  pôde socorrer, sobretudo, os  seres humanos hansenianos  da sua época.
           E inspirados em  São  Francisco de Assis( em sua compreensão atualizada) possamos nos dirigir conscientes, sob o signo do amor e do sacrifício, ao campo social para socorrer os nossos irmãos portadores de câncer, doenças mentais , infecções  da pele, aids ; pois é justamente de um trabalho dessa envergadura que Rudolf Steiner espera ser um dia no mundo a nossa querida Antroposofia, ou seja, um verdadeiro sacrifício vivo pleno de amor consciente em prol do futuro da nossa civilização; seja a vida de São  Francisco de Assis, com toda sua grandeza, tragédia e espiritualidade, uma referência para os nossos propósitos contemporâneos de portar em nossa consciência os impulsos para um verdadeiro sacrifício em prol do bem fu turo da humanidade; e que este ato seja a alavanca do futuro, movendo o homem para o espírito!
           Felizes são os homens e as mulheres que vão se aproximando de uma compreensão viva  na Estrela; fortes no bem são todos aqueles que se vão-se estruturando com a luz acesa de seus candeeiros, pois compreendem no conceito de indivíduo humano plenamente constituído o ideal de vida que o homem deve procurar atingir no futuro; e o Pão da verdadeira vida é todo aquele que se doa (integralmente) à causa humana carente.



ORAÇÃO NO SENTIDO DE SÃO FRANCISCO DE ASSIS


Senhor, ensinai-me
Não através do sofrimento amargurado,
Mas pelo labor consciente;
Não através do interesse personalizado,
Mas pelos reais valores do agir abnegado;
Não pelas honrarias acadêmicas da alma humana,
Mas  pela verdadeira realização do ser em si;
Não pelo usufruto das riquezas terrenas,
Mas pela sua fiel e justa aplicação
Nos lugares onde são necessárias.
Ensinai-me, Senhor, ser um farol-guia para um sacrifício
Humano em prol do bem geral, futuro da Humanidade!

  
Senhor, ensinai-me
Não os conteúdos transitórios da educação intelectual,
Mas o correto caminho para o autoaprimoramento;
Não a razão mercantilista das grandes instituições
Contemporâneas,
Mas o dom sagrado, individualizado, do justo atuar no
Campo social;
Não a aceitação inconsciente, resignada de alguns fiéis nos
Templos religiosos,
Mas a clara conscientização do ser em si nesta época
Da alma da consciência;
Não a nostalgia de alguns pensadores que de si mesmos
Não se desprendem,
Mas a vontade férrea, destemida, do sempre atuante
Homem moral.
Ensinai-me, Senhor, ser um farol-guia para um sacrifício
Abnegado em prol do bem geral, futuro da Humanidade!


Ensinai-me, Senhor,
O sacrifício fiel,
O amor que se doa integralmente,
A renúncia virtuosa,
A disponibilidade imparcial,
O agir que não mede esforços,
A consciência ampla que desconhece fronteiras,
O medicamento salutar que vem à luz a partir do interior
Do ser em si,
A tolerância diária que prepara no campo social o caminho
Para o perdão.
Enfim, os conteúdos celestes, perenes, do amor, da
Compaixão e da piedade no sentido da humildade de São
Francisco de Assis, ensinai-me, Senhor!
Assim, permiti-me, Senhor, ser um eterno farol-guia para
Um sacrifício consciente em prol do bem geral, futuro
Da Humanidade!




SÃO FRANCISCO DE ASSIS VEM ABRIR O CAMINHO

São Francisco de Assis vem abrir o caminho
Com seu coração de menino brincalhão!
Armas do amor e da compaixão
Muita piedade tem o nosso irmão.
  
São Francisco de Assis estende a bondade,
A felicidade e o amor aos irmãos do nosso Senhor,
Cristo Jesus, no seu cântico de louvor.

São Francisco de Assis vem abrir o caminho
Com seu coração de menino brincalhão!



Gildo Oliveira
Rio Verde, Goiás,
E-mail: oliveira.gildo@bol.com.br 

HOMENAGEM A MULHER

Exposição de Vanyr Carlla em Paris

Sarau Zingamocho

DEVANEIO, OUVIR, CURTIR, PARTICIPAR



CHORO, CHORINHOS, CHORÕES.

SERESTAS E SAMBAS DE RAIZ.

DECLAMAÇÕES / MONÓLOGOS  /  PAPOS.

ESQUETES (Sketch) DO SHOW “ RECITAL NUM RECINTO” .



<.>



AOS  SÁBADOS – NO MEIO E FIM DO MÊS

DAS  21:00  ÀS  24:00 h.

(Serão divulgados os dias certos)



Rod. Raposo Tavares, 3173 – (Em frente ao EXTRA) – km 12,5

Retorno do Shopping Raposo – km. 16.

Na entrada do Condomínio L’Abitare.

Shopping Small Center.

Estacionamento no local, gratuito.

Custo de manutenção:  R$ 5,00 por pessoa.

Anexo: Excelente Pizzaria e Bar – DOM PIATO

(Comanda individual)



COM TOTAL SEGURANÇA E MONITORAMENTO



Criação e Direção

Aguinaldo Loyo Bechelli  

 (11) 7353-6686 – zingamocho@gmail.com

Valter Pereira

(11) 9760-9699 – valterseresteiro@hotmail.com



Integrantes do Espetáculo

AGUINALDO LOYO BECHELLI      -:          Representação e Percussão.

VALTER PEREIRA                            -           Seresteiro..

RAPHAEL BECHELLI A.SILVA       -           Canto e Violão.

RICARDO B. BECHELLI                  -           Cuíca.



MAESTRO VIDAL FRANÇA                        -           CONVIDADO ESPECIAL - Canto e Violão.



CONJUNTO RETRATOS                   -           PARTICIPAÇÃO ESPECIAL.

Alex de Oliveira Mendes – Bandolim.

Paulo Gilberto - Flauta.

César Ricardo - Violão 7 cordas.

Fernando Henrique – Cavaquinho.

Donisete Fernandes  -  Pandeiro.

ShareThis

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...