dimanche 23 décembre 2012

Poema de Natal


Clevane Pessoa de Araújo Lopes

Dizem que altos anjos
Da Divina hierarquia,
Na verdade, casulos de luz
-Pura energia criadora
Desceram de outras dimensões
Para apreciar um nascimento
Muitíssimo essencial...
Dizem que flocos de neve
Caíram das alturas
Cada um mais especial
Com formas que jamais se repetiram...
Dizem que o ar ficou de tal maneira
Perfumado de rosas e jasmin
e embriagou os passarinhos
-Que mais docemente cantaram
E girandolando voejaram
Saindo a anunciar
O evento anunciado
Que acabara de acontecer...
Dizem que uma alegria intensa
Se apossou dos pastorinhos,
-Pensaram então fazer parte
Da corte de um certo rei
E se sentiram comovidos,
Não de ouro e prata vestidos
Mas vestidos de Alegria
E canções de ninar entoaram
Louvando a chegada do Menino...

E é por isso que até agora
Quando chega o Natal
Também vestimos a alma
De cores especiais
E a nossa voz se eleva
Para acima de qualquer treva
E desejamos a todos
Votos de tantas coisas
Boas de acontecer...

Quem disse?Quem contou
Essa história às pessoas aqui da Terra?
Ora, os bardos, com a Poesia
Dos que precisam de Luz

Dos que necessitam de esperança
E querem levar alegrias
Pelo menos uma vez ao Ano
Para que os homens não desistam
De renovar seus sonhos
E de aproximar os que sonham...



...E agora,plenificada
de Amor, quem vos reconta,
sou eu:no colar dos contadores
mais uma conta que conta
mais uma ponta que canta...



Fonte:http://www.casadacultura.org/Literatura/Poesia/g02/Poema_Natal_Clevane_Pessoa.html

Retribuo os votos e envio os meus , de AMOR< PAZ e ALEGRIA para o Natal e Reveillon, a todos os confrades e confreiras, amigos (as), familiares !



Paz et LUX

Grande abraço

Clevane Pessoa

ShareThis

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...