mardi 25 septembre 2012

O VIANDANTE SOLITÁRIO

Por Gilberto Nogueira de Oliveira


Nazaré-Ba

Segue companheiro,
Segue seu caminho.
A vida capitalista é muito dura,
E pesa em seus ombros
O fardo de cada dia.

Segue sua vida
E todos o seguirão.
O mesmo ideal...trabalhar.
Sábio camponês,
A noite não apagará
A sua passagem.
O homem não pagará
A sua viagem.

Segue sua vida,
Segue sua estrada.
Ninguém lhe impedirá
Atravessar a ponte,
Sobre o rio delineado,
Sobre a marca artificial.

Ninguém impedirá sua passagem
Sobre um marco ignorante,
Sobre a linha da estupidez,
Com uma dor no semblante,
Com os lábios em avidez.
Atravesse companheiro, atravesse camponês.
Atravesse com coragem, atravesse de uma vez.

ShareThis

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...