lundi 24 septembre 2012

Declame para Drummond 2012


Em homenagem aos 110 anos de Carlos Drummond de Andrade será realizada a intervenção Declame para Drummond 2012, na qual poemas enviados de todo o Brasil serão cuidadosamente deixados nos mais diversos lugares do Rio de Janeiro, cidade na qual o poeta viveu por mais de cinquenta anos.  Serão selecionados 110 poemas de tema livre – autorais ou não – que serão colocados ( e encontrados) no metrô, em meio às flores de alguma feira, emaranhados nos envelopes bancários, em um banheiro, em baixo de sua porta… a distribuição dos poemas será feita durante o mês de aniversário de Drummond, que nasceu em 31 de outubro de 1902.
Os interessados em participar deverão enviar um poema de tema livre – autoral ou não – para marinamara@gmail.com até o dia 10 de outubro de 2012. Junto ao poema deverá ser enviado o nome do autor e a  cidade de origem de quem enviou o poema.
A primeira versão do projeto ocorreu em 2010 e contou com mil poemas enviados de todo o Brasil expostos em forma de painel atrás da estátua do poeta em Copacabana – RJ. Era gente de patins, de bicicleta, crianças, idosos, poetas, petistas, tucanos, todos com o mesmo intuito, adicionar poesia ao seu dia. Ao finalizar, além de citar a autoria do poema, também era citado o nome de quem o enviou e o estado. Para mim, essa era a parte mais bonita dos poemas: fulana de Minas Gerais, não-sei-quem do Acre. Senti a poesia viva, viajando pelo Brasil em busca de sorrisos a serem entregues à beira-mar. Essa intervenção também contou com a inusitada presença da família do Drummond – que ficou tocada com a homenagem. Era bisneto, irmã… um monte de outros Drummond que cortaram o bolo oferecido por alguns poetas do Rio de Janeiro.
Participe da intervenção Declame para Drummond 2012 e coloque um poema no meio do caminho de alguém.

ShareThis

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...