vendredi 27 juillet 2012

MUITO ALÉM

Por Roberto Armorizzi



Há uma eternidade,
parado, aqui estou,
esperando que passes ...

Mas teu passar, que não vem,
causa-me impasses,
pois penso que volves,
mas volta, não tem,

e fico assim, na verdade,
parado no tempo,
olhando ninguém,
dizendo a mim mesmo:
- meu amor, vem!

Mas qual o quê ...

Eu sei que agora,
estás, do aqui, muito além.


Nota do autor.
“Mas um dia tudo voltará a ser como antes.”




ShareThis

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...