lundi 30 janvier 2012

Por onde andam nossas putas

Por Márcio José Rodrigues


Acabaram-se, pelo menos aqui no interior, o assédio e trottoir das prostitutas embriagadas pelos bares da cidade a angariar clientes. Não mais se ouvem os diálogos bêbados sussurrados dos boêmios tresnoitados e as “mulheres de rua” nos botequins fumacentos.   Também fecharam os inferninhos, casas de tolerância e as famosas zonas cederam seus terrenos a áreas residenciais familiares e uma antiga “boite” de sucesso hoje é uma igreja evangélica.
Teriam sido elas exorcizadas, queimadas em fogueiras, expulsas de seu pecaminoso trabalho por campanhas sociais de uma comunidade unida e atuante, lúcida e participativa, rígida em seus conceitos de moral?
Se quiser saber, eu digo:
- As putas faliram!
Não aguentaram a concorrência que oferece sexo gratuito ou no máximo em troco de uma latinha de cerveja e um prato de batatinhas.
O banimento da moral e da prática religiosa, que começa pelos mais altos patamares da governança, a “liberdade” proclamada nos anos 60, os “anos dourados”, formaram gerações de pais amedrontados e apáticos que preferem não ver nem ouvir, para não se incomodarem com problemas que eles não têm capacidade de solucionar dentro de sua própria casa.
Foram vencidos pela crise da autoridade e da estrutura familiar.
O desprezo com que as autoridades tratam a família, o emprego, a educação, gerou seus frutos.  Perda de controle, libertinagem, curtição sem limites, álcool e drogas precoces, DSTs, desencanto com as pessoas, fragilidade de laços afetivos, frustrações amorosas, falência dos sonhos, ausência de futuro.
A mídia cada vez mais agressiva, dedicada até a raiz da alma ao culto de lucro sem escrúpulos, massifica sem trégua o seu evangelho segundo Bial:
- “Agarre tudo o que você puder agora! Amanhã pode não existir!
 É claro que generalizar é burrice e pecado.
As pessoas que não participam desta loucura, fiquem tranquilas. O mundo sempre terá uma chance melhor com vocês.

ShareThis

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...