dimanche 20 novembre 2011

NOVA CARTA AOS AUTORES/EDITORES

Olá escritor/editor!

Nós, da livraria Varal do Brasil, abrimos para você as portas de uma livraria na Europa. Simples? Sim e não. Simples porque você não precisa pagar para colocar seu livro à venda conosco. Basta fazer um contrato simples de consignação (veja nossas condições especiais até 31 de dezembro deste ano). E não, porque muitas vezes o custo dos correios não é barato e para vender o livro você terá que compreender vários aspectos:

01. A Livraria é um investimento à longo prazo, portanto, não imagine que seu livro será vendido logo, podem levar meses até ser vendido um único exemplar.

02. A Livraria está iniciando (começamos nossas atividades em julho) e, embora lutemos e divulguemos o máximo possível, estamos abrindo um novo caminho numa densa mata: precisamos aos poucos conquistar um público que está habituado a comprar somente autores consagrados e que também deixa para comprar seus livros quando vai ao Brasil. 

03. Você, quando nos passa o preço do seu livro, esteja você na Europa, nos EUA, no Japão, no Brasil, enfim, onde estiver, você precisa ter em mente coisas importantes como:

a- Sou um autor conhecido? E se sou, sou em: minha cidade, meu estado, meu país...
b- Tenho já uma carreira consagrada? E se tenho, tenho em: minha cidade, meu estado, meu país...
c- Quantos livros já editei? Meus livros são divulgados e vendidos em muitas livrarias?
d- Estou sendo realista ao passar o valor do livro?
e- Estou pensando no leitor, no investimento da divulgação ou estou querendo retorno imediato?
f- Estou disposto a investir em minha carreira literária e abdicar do imediatismo?

Nós, da Livraria Varal do Brasil, trabalhamos para divulgar o seu talento. Mas para isto precisamos contar com a sua compreensão de que nada se constrói em um dia, principalmente no campo literário.

Até 31 de dezembro ainda receberemos livros em consignação nas condições explicitadas em nossa carta primeira (peça pelo e-mail varaldobrasil@gmail.com).
Mas a partir de 01 de janeiro de 2012, só aceitaremos livros nas seguintes condições:

1. O autor/editora, após contato por e-mail, telefone ou pessoalmente, nos envia um exemplar do seu livro como doação para nossa biblioteca, acompanhado de resenha do mesmo, foto de capa e biografia sua.
2. O livro será lido, assim como os dados que o acompanharem e, baseados em nossa opinião e na demanda do mercado, poderemos ou não comprar os livros para a livraria ou aceitar em consignação.
3. O prazo para que façamos a leitura e aceitemos ou não o livro é de no máximo 40 (quarenta) dias. O autor/editora será avisado por e-mail de nossa decisão.

Somos a única livraria brasileira (empresa suíça especializada em literatura de língua Portuguesa) na Suíça e queremos que você esteja conosco.

Será sempre um prazer representar o seu talento!
Livraria Varal do Brasil
http://www.livrariavaral.com/

LANÇAMENTO DO LIVRO O INDISCUTÍVEL TALENTO DAS ESCRITORAS BRASILEIRAS


O lançamento do livro O Indiscutível Talento das Escritoras Brasileiras da Rede de Escritoras Brasileiras (REBRA), organizado por Joyce Cavalccante, aconteceu no dia 14 de novembro da Livraria Cultura do Shopping Higienópolis em São Paulo.
O livro, contando com autoras afiliadas à REBRA, traz poemas, contos e crônicas de cem talentosas autoras, muitas das quais estiveram presentes no lançamento.
Tive a alegria de conhecer muitas das escritoras pessoalmente, escritoras estas com as quais regularmente me correspondo por e-mail através da revista e da livraria Varal do Brasil.
Para não esquecer nenhum nome, não enumerarei aqui as presentes. Mas quero deixar meu sincero agradecimento à Joyce pela organização do livro e do evento e a todos as Rebrinhas, inteligentes, belas e simpáticas mulheres da nossa literatura brasileira.

Jacqueline Aisenman, novembro de 2011

Todas as fotos aqui publicadas são de Susana Martins

(Clicar nas fotos para aumentar)








SOTAQUES

                                                       A Ponte cultural luso-brasileira está aberta

Nascemos no dia 7 de Setembro de 2011, dia simbólico que assinala a independência do Brasil, com uma vocação clara: ser uma ponte cultural entre povos e permitir que portugueses e brasileiros façam essa passagem atlântica,  trazendo consigo a sua cultura, a sua língua, a sua arte, e  partilhando-a entre si.
O Projeto cultural Sotaques  que celebra  neste dia 7 de Novembro  dois meses de vida,  resulta  do esforço conjugado de três profissionais de áreas distintas:António Bernardini é especialista em design e comunicação, Rui Marques é jornalista e Pedro Araújo é especialista na área da Internet.
Juntamo-nos  para desenvolver  o  Projeto Sotaques à volta de uma ideia, um conceito, uma vocação: fazer uma ponte cultural entre Portugal e o Brasil, estimulando as Parcerias e os intercâmbios dos dois lados do Atlântico. 
 Cumprindo essa vocação, essa missão histórica arrancamos com um site www.sotaques.com que é uma  casa comum em  que a cultura luso-brasileira habita, respira e onde pode (con)viver e desenvolver as suas parecerias e relações.
No mês de Outubro começamos com dois  Sotaques em destaque -o Sotaque Açoriano e o Sotaque de Santa Catarina, e em  Novembro realçaremos os Sotaques do Minho e de Minas Gerais. Todos os meses teremos  uma rubrica mensal em que destacaremos dois Sotaques, um português e outro brasileiro, com conteúdos que nos permitam conhecer melhor a cultura de duas Regiões, as suas ligações, as histórias que estão por trás da história, estimulando as parcerias e intercâmbios entre os dois povos.
Somos um Projeto com uma natureza catalizadora e, por isso, vamos dinamizar todas as parcerias, intercâmbios, relações que juntem os dois povos. Sempre que houver um evento que una Portugal e o Brasil, o Sotaques é o parceiro ideal para fazer a Ponte cultural .
Fizemos a apresentação do Sotaques na   comunicação social, em Setembro. Falamos do Projeto no programa Porto Alive do Porto Canal e tivemos, imediatamente, uma grande adesão do público nas redes sociais e um  interesse crescente  de vários meios de comunicação portugueses e brasileiros. 
Lançamos a Ponte cultural: agora cabe aos  portugueses e brasileiros, independentemente de serem Particulares, Empresas, Entidades Públicas e Privadas, atravessá-la e juntar-se a nós  na materialização da pátria linguística e cultural que sonhava Fernando Pessoa. O  Sotaques vai continuar  dar à língua com novas ideias, parcerias, eventos: fale connosco, fale através de nós.
Em anexo deixamos informações sobre o nosso Projeto, imagem no Facebook,  as nossas Newletters e demais informação  do trabalho que temos realizado nestes dois meses.
Estão convidados a fazer parte desta rede de comunicação entre Portugal e o Brasil que é o Sotaques: estamos disponíveis porque o Sotaques deve ser o produto de uma rede global da língua portuguesa em que todos- Projetos culturais, meios de comunicação social, Empresas, Instituições- somos importantes.
Este mês destacamos a relação entre o Sotaque do Minho e de Minas Gerais. Venha saber mais de nós e destes Sotaques através da nossa Plataforma de comunicação na Internet e nas redes sociais.   

Com os nossos melhores cumprimentos,
Rui Marques
Assessor de comunicação do Projeto Sotaques  



Rui MarquesAssessoria de comunicação e imprensa
E-mail: rui.sotaques@gmail.com
Telemóvel. 351 914381994

PRÊMIO DE LITERATURA UNIFOR: INSCRIÇÕES ABERTAS

Os amantes das letras já podem começar a preparar os trabalhos para participar do Prêmio de Literatura Unifor (Edital R. Nº 32/2011), previsto para março de 2012. As inscrições estão abertas e seguem até 23 de dezembro. Nesta edição, o prêmio contempla o gênero poesia.
Categorias
O concurso se divide em duas áreas: obra inédita e trabalhos inéditos. Na primeira, os autores devem apresentar um livro de poesia. Já na segunda, poesias avulsas. Nas duas, os textos precisam ser inéditos, sendo o descumprimento deste critério motivo de eliminação. 

Premiação
Na categoria obra inédita, um trabalho será premiado com uma viagem a Washington, para visitar a Biblioteca Nacional do Congresso Americano, além da publicação da obra do autor. Na categoria trabalhos inéditos, 20 autores serão premiados: o 1º lugar ganha uma viagem ao Rio de Janeiro, para visitar a Biblioteca Nacional, e os classificados do 2º ao 20º lugar terão seus trabalhos publicados em uma coletânea. 

Inscrição
As inscrições devem ser feitas na Vice-Reitoria de Extensão da Unifor, que fica no campus - prédio da Reitoria, 1º andar (Av. Washington Soares, 1321, Bairro Edson Queiroz – Fortaleza/CE, CEP: 60811-905). Quem preferir, também pode inscrever seu trabalho via correio. Dúvidas podem ser esclarecidas pelo telefone            (85) 3477 3311      .

Os trabalhos inscritos serão julgados por uma comissão em janeiro de 2012. A solenidade de divulgação do resultado, entrega dos prêmios e lançamento dos livros está prevista para o dia 21 de março de 2012, no Teatro Celina Queiroz. 

Lançado em 22 de outubro de 2009, como parte da programação do Mundo Unifor, essa é a quarta edição do Prêmio de Literatura Unifor.
Serviço
Prêmio de Literatura Unifor - Edital R. Nº 32/2011

Inscrições de trabalhos | 16 de novembro a 23 de dezembro de 2011
Divulgação do resultado e entrega dos prêmios | 21 de março de 2012
Mais informações |             85 3477 3311      

PROGRAMA DEBATES CULTURAIS

Aviso aos meus amigos que hoje, dia 20 de novembro, o programa Debates Culturais terá, além de mim, Alessandro Lyra Braga, as presenças da vice-presidente da Associação de Moradores do Moneró (bairro da Ilha do Governador) e coordenadora da Equipe Resgato – sociedade civil pelos direitos dos animais, Marli Moraes; da poetisa e artista plástica e membro da Academia de Letras e Artes de Paranapuã, Doralice Craveiro de Carvalho; da indigenista, fundadora e diretora da Casa do Índio, Eunice Cariry; do radiestesista e pesquisador, Luciano Ramo; e, do ativista social e presid ente do Conselho Comunitário de Segurança da Ilha do Governador, Antônio Pinheiro de Carvalho.
Conversaremos sobre as iniciativas relativas à proteção dos animais no município do Rio de Janeiro. Conversaremos também sobre as atividades da Casa do Índio e sobre a política indigenista brasileira. Falaremos também sobre as atuações dos conselhos comunitários de segurança. Teremos ainda a explicação dada por Luciano Ramo sobre Radiestesia e suas aplicaçõe s, como o uso do pêndulo. Por fim, teremos a poetisa Doralice Craveiro de Carvalho autora de oito livros de poesia, declamando alguns de seus poemas e ainda teremos Antônio Pinheiro de Carvalho contando algumas histórias interessantes sobre sua sensacional história de vida.
O programa Debates Culturais é transmitido pela Rádio Metropolitana AM 1090 do Rio de Janeiro, todos os domingos, a partir das 17:00hs. Quem desejar participar por telefone com perguntas e/ou comentários, pode fazê-lo pelo telefone 2176-8282. Quem não puder ouvir nosso programa ao vivo, poderá ouvi-lo na íntegra, quando desejar, em nossa revista eletrônica http://www.debatesculturais.com.br, acessando, na barra azul de botões, a seção “Áudio dos Programas”.
O programa Debates Culturais conta com o patrocínio do Banco Bradesco e da ABOM.
Acompanhem nosso Twitter, http://twitter.com/debatescult!
A todos os meus amigos, um bom final de semana e espero que gostem do programa e dos artigos da revista!

Alessandro Lyra Braga

MEVROUW JANE

Este é um livro sobre um amor real entre duas pessoas criadas, educadas e preparadas para a vida de formas diferentes. Mevrouw Jane, a protagonista da história, é uma mulher de coragem. Com força para romper com o passado e ir ao encontro do novo e desconhecido. E acima de tudo, coragem para amar, mesmo conhecendo o seu ônus. Um romance retrospectivo e intimista, onde a autora nos convida a participar das cenas, sentir aromas, gostos e apreciar a natureza e os habitantes da minimalista Maruchos, uma pequena e aconchegante vila de pescadores no Brasil, agracidada pelo seu clima e belezas naturais.
Após a perda da mãe, do irmão e a ausência contínua do pai, Jane decide deixar o Brasil e ir encontro do seu sonho: estudar Inglês na Harvard University. No entanto, em um encontro mágico, o universo lhe presenteou com Eric, um típico holandês. Casaram-se e viveram grande parte da vida na Holanda. (...)


Josane Mary Barcelos Amorim, nasceu em Cachoeiro de Itapemirim (ES) em 1963 e por anos morou em Vitória (ES). Advogada por formação, mas longe desta profissão desde 2000, quando passou a viver no exterior. Estudou língua inglesa na Universidade de Harvard (USA), onde conquistou por três vezes consecutivas: Summer School 2001, Fall 2001 e Spring 2002, o prêmio de melhor redação no concurso The Emanuel and Lilly Shinagel Essay Prize. Desde 2003 mora na Holanda. Erudita e viajada, estreia como romancista em Mevrouw Jane, onde dá a ilusão de ser uma autora experiente, pelas qualidades que sua obra apresenta.
"Acho que você entrou com o pé direito na literatura."
(José Augusto Carvalho, mestre em Linguistica pela Unicamp, doutor em Letras pela USP)


Encontre este livro e muitos outros da nova literatura de língua Portuguesa em: http://www.livrariavaral.com/

ShareThis

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...